Um chamado de amor

No mês de agosto, a Igreja Católica comemora o mês das vocações, no nosso texto de hoje vamos falar sobre os sacerdotes.
A vocação sacerdotal é um chamado para o serviço na Igreja. É alguém a quem Deus confia todos seus filhos, que a exemplo de Jesus o Bom Pastor, tem por missão pastorear os fiéis a ele confiado.
Em uma passagem da bíblia Jesus chama Pedro, Tiago e João e diz a eles: “Vem e segue-me” e eles largaram tudo e seguiram Jesus. E é assim o chamado de Jesus aos vocacionados a sacerdote, que largue tudo e pregue o evangelho para todas as criaturas. Os sacerdotes aqui na terra são o reflexo de Jesus.
Jesus sonhou com muitos jovens vivendo a vocação sacerdotal, mas muitos deles não ouviram o chamado de Deus. O chamado de Deus é através de uma oração ou de um encontro pessoal com Deus.
Sabemos que ser sacerdote não é fácil, eles devem largar tudo para seguir o chamado de Jesus, deixar a vida mundana, vícios, pecados, muitas vezes até mesmo a própria família. Ser sacerdote, assim também como todos os batizados, é necessário viver a santidade todos os dias.
Existem dois exercícios de vocação sacerdotal, o sacerdote diocesano e o sacerdote religioso. O sacerdote religioso é vinculado a uma ordem religiosa (franciscanos, salesianos, jejuítas) e deve obediência aos superiores daquela ordem, estando a serviço da igreja com possibilidade de ir aonde mandarem sem limitação geográfica. Já o sacerdote diocesano é vinculado a uma arquidiocese ou diocese e deve obediência ao bispo diocesano estando a serviço na paróquia designada e sua mudança fica limitada a uma área geografia dentro da diocese.
No evangelho de Mateus Jesus diz “Ide, portanto e, fazei que todas as nações se tornem discípulos, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-as a observar tudo o quanto vos ordenei” Essa é a missão dos sacerdotes, eles são os discípulos de Jesus aqui na terra, eles são presente que Deus enviou para cuidar de cada um de nós, às vezes a vida sacerdotal pode ser repleta de obstáculos e tentações, mas Deus nunca os desampara. Através de um chamado, através de alguns anos de estudos e aprendendo mais sobre Deus e sobre a igreja, a vida deles é toda transformada. Eu fico imaginando como deve ser gratificante para o sacerdote ver todo seu rebanho servindo Jesus, ver que todo aquele esforço de deixar tudo para traz valeu e valerá a pena.
Se você sentir esse desejo de ser sacerdote, reze, converse com outro sacerdote, tenho certeza que Deus se alegrará de ter você como discípulo Dele. Deus tem uma confiança muito grande nos seus sacerdotes, não é todo pai que confia o cuidado de seus filhos a uma pessoa, e Deus da à liberdade para eles cuidarem de cada um de nós.
Que a cada dia os jovens escutem o chamado de Deus para a vida sacerdotal e que eles se entreguem verdadeiramente para esse chamado.
Rezem pelos sacerdotes, eles precisam de oração, peça a Deus para dar discernimento, carinho, fé, força, amor e compreensão para cada um deles.
Anny Caroline – Minions Católicos